Acne depois dos 30 anos

Existem muitas pessoas que sofrem com a acne após os trinta anos, saiba quais as causas do problema, como evitá-las e tratá-las.

Mulher com acne

Quando falamos em acne logo lembramos dos adolescentes reclamando de suas temíveis espinhas, no entanto este problema não atinge apenas pessoas jovens ou com menos de dezoito anos, é mais comum do que a maioria das pessoas imaginam.

Existem muitas pessoas que sofrem com a acne após os vinte, trinta e até após os quarenta anos, os fatores podem não ser os mesmos, muitas vezes pode ser genético, estar relacionado a alimentação e ainda pode ser causada por fatores emocionais como estresse, ansiedade, depressão entre outros.

Como evitar acne depois dos 30 anos?

Mulher limpando pele

Para as pessoas que têm a predisposição e casos de acne na família pode prevenir cuidando da pele através da limpeza, evitando a exposição excessiva ao sol, limpar a pele adequadamente, fazer esfoliações, utilizar o protetor solar diário, evitar dormir com maquiagens, tomar cuidado com marcas de cosméticos de qualidade duvidosa, utilizar o hidratante facial próprio para cada tipo de pele.

Além disso, o cuidado com a alimentação também é fundamental, pois existem alimentos que podem piorar os casos de acne, como os leites e os alimentos derivados, uma alimentação rica em gordura assim como dietas ricas em carne.

Invista mais em dietas ricas em frutas e verduras, especialmente as de cores alaranjada e amarela, incluir peixe e ingerir a quantidade correta de água diariamente, que é de 2 litros em média. Tudo isso ajuda no controle e prevenção das temíveis acnes.

O controle do estresse também é muito importante, pois o corpo responde com o aumento da produção de cortisol e dos hormônios androgênios, que estimulam ainda mais a produção da glândula sebácea, quando passamos momentos muitos estressantes.

Acne rosácea o que é?

Pele com rosácea

A acne após os trinta anos também pode ser um caso de rosácea, uma doença crônica inflamatória muito comum em mulheres sua causa ainda é um mistério, mas sabe-se que problemas gastrointestinais, predisposição genética e o parasita Demodex folliculorum estão ligados à doença de pele.

Este tipo de acne é diferente da que as pessoas costumam ver em adolescentes e jovens, se manifesta em maior quantidade e tem aspecto mais avermelhado e causam cicatrizes visíveis e podem até causar a dilatação dos vasos sanguíneos, na verdade é comparada com a acne por ser um problema que ocorre nos folículos sebáceos e atingem os poros, além de ter características muito parecidas como o aspecto avermelhado, inchaço e presença de pus.

Costuma atingir a parte frontal da face, porém em casos em estado mais progressivo pode atingir extensas áreas causando a inflamação, nódulos e o inchaço da pele. É mais comum em mulheres, porém quando ocorre em homens o quadro pode ser mais progressivo, ou seja, evoluir com mais facilidade e rapidez.

Acne rosácea como tratar?

Passando pomada no rosto

O tratamento requer acompanhamento médico e na maioria das vezes é feito com o auxílio de medicamentos orais e de uso externo e as cicatrizes são praticamente quase inevitáveis, por isso outros tratamentos também são indicados como o peeling, shaving, dermoabrasão ou o laser de CO2 entre outros.

Existem no mercado cosméticos específicos para cada topo de pele e é essencial verificar qual o seu tipo e usar os produtos específicos, pois ao contrário pode aumentar o surgimento da acne. E não deixe de consultar um dermatologista caso notar um aumento na progressão da acne.

Confira o vídeo abaixo a diferença da acne adulta e a acne juvenil.

Mais artigos sobre acne

31/03/11 por Talita

   



Mais informações por email

Comentar