Antibióticos cortam o efeito do anticoncepcional?

Muitas mulheres têm dúvidas se os antibióticos e outros tipos de medicamentos cortam ou não o efeito do anticoncepcional.

Antibióticos cortam o efeito dos anticoncepcionaisMuitas mulheres que querem evitar uma gravidez indesejada utilizam os métodos contraceptivos. Hoje existe uma grande variedade desses métodos e cada um age, causando um efeito no organismo da mulher.

O que muitas mulheres têm dúvidas é se os antibióticos cortam o efeito da pílula anticoncepcional e para melhor entendimento sobre este assunto, vejamos algumas informações.

Quais são os tipos de anticoncepcionais?

Pílulas anticoncepcionais

Mais sobre antibióticos cortam o efeito do anticoncepcional?

Como dito existe uma grande variedade de métodos anticoncepcionais, alguns podem ser mais seguros que outros. Entre os anticoncepcionais estão os métodos de barreira que são produtos e instrumentos que cortam a passagem dos espermatozoides, como diafragma e espermicidas.

Existem ainda os métodos hormonais que são os comprimidos, injeções e o adesivo que são feitos com hormônios e o dispositivo intrauterino que é o DIU, há também os métodos cirúrgicos, que na maioria das vezes são irreversíveis. Alguns desses métodos podem ter sua eficácia comprometida devido ao uso de antibióticos, portanto cortam o efeito do anticoncepcional.

Antibióticos podem cortar o efeito do anticoncepcional?

Mulher tomando medicamentos

Os antibióticos cortam sim o efeito dos anticoncepcionais orais, injetáveis ou adesivos. Outros medicamentos que cortam o efeito do anticoncepcional além dos antibióticos são antiepiléticos e anticonvulsivantes.

Por que o antibiótico corta o efeito do anticoncepcional?

Mulher com dúvida

Segundo pesquisas realizadas pela Universidade Estadual de Campinas e Universidade Metodista de São Paulo, os métodos contraceptivos tem o efeito cortado devido à interação medicamentosa que ocorre entre o anticoncepcional e os antibióticos que cortam ou diminuem a concentração dos hormônios nas pílulas anticoncepcionais, os antibióticos tem o poder de destruir as bactérias intestinas que são as responsáveis em gerar reações enzimáticas que por sua vez liberam o hormônio na corrente sanguínea, o que impede o período fértil, evitando assim a gravidez.

Confira no vídeo uma reportagem sobre remédios que interferem no uso da pílula anticoncepcional e cortam sua eficácia.

Saiba mais sobre antibióticos e anticoncepcionais

11/11/09 por Talita

   



Mais informações por email