As 10 melhores musicas de Legião Urbana

A famosa banda de rock nacional Legião Urbana possui muitas músicas, algumas mais conhecidas e tocadas, consideradas as melhores.

banda legião urbanaA banda Legião Urbana surgiu em Brasília no ano de 1982, e teve o seu fim marcado em 1996 com a morte do vocalista e fundador da banda, Renato Russo. É uma das bandas de rock brasileiras mais conhecidas, e já vendeu mais de 20 milhões de discos.

Possui oito álbuns gravados em estúdio, dentre eles, dois álbuns que ganham destaque especial: “As Quatro Estações” e “Dois” com destaques para as respectivas músicas: “Eduardo e Mônica” e “Pais e Filhos”. Ao todo, a Legião Urbana possui mais de 150 músicas, e o vocalista da banda, Renato Russo possui músicas gravadas em projeto solo.

Melhores músicas de Legião Urbana

A banda Legião Urbana possui muitas canções, mas durante muitos anos algumas foram as mais pedidas. Mesmo após o fim da banda, suas principais músicas continuam tocando e sendo regravadas na voz de outros cantores e compositores, o que faz com que as melhores músicas da Legião Urbana continuem tocando nas rádios, nas ruas, bares, festas e em qualquer lugar onde há a presença de pessoas que adoram os bons e velhos rock nacionais. A seguir, uma lista das 10 melhores músicas de Legião Urbana, começando da ultima até a primeira colocada.

10- Índios

Lançada em 1986 juntamente com o álbum “Dois”, nesta música, Renato procura descrever a sua revolta contra a exploração da nossa terra e o abuso de poder político e social. “Quem me dera ao menos uma vez/Provar que quem tem mais do que precisa ter/Quase sempre se convence que não tem o bastante/Fala demais por não ter nada a dizer.”

9- Monte Castelo

Nesta música, Renato faz uma junção do poema “Amor é fogo que arde sem se ver” de Camões com o Capítulo 13 da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios sobre o amor. E um de seus trechos mais famosos é “Ainda que eu falasse/A língua dos homens/E falasse a língua dos anjos/Sem amor eu nada seria.”.

8- Geração Cola-Cola

Escrita na década de 80, Renato expressa a sua revolta com a valorização dos produtos importados, e a desvalorização dos produtos nacionais. Nesta música, ele utiliza a bebida mais famosa no mundo para enfatizar a exploração e dominação do capitalismo. “Somos os filhos da revolução/ Somos burgueses sem religião/Somos o futuro da nação/Geração Coca-Cola”.

7- Faroeste Caboclo

Escrita em 1979 e lançada apenas em 1987, no disco “Que País É Este?” esta música conta a história de João de Santo Cristo, um traficante que chegou à Brasília do Nordeste do Brasil, apaixona-se por Maria Lúcia e é assassinado por um traficante rival. É uma das músicas mais longas de Renato Russo com 168 versos e pouco mais de 9 minutos de duração. “Quando criança só pensava em ser bandido/Ainda mais quando com um tiro de soldado o pai morreu/Era o terror da sertania onde morava/E na escola até o professor com ele aprendeu”

6- Teatro dos Vampiros

Críticas ao sensacionalismo exagerado exibido nas TVs são explícitas nesta música. Se abreviarmos o título da música, ele justamente torna-se “TV”. “Esse é o nosso mundo: O que é demais nunca é o bastante/E a primeira vez é sempre a última chance. Ninguém vê onde chegamos:/Os assassinos estão livres, nós não estamos.”

monte castelo legião urbana

5- Que País É Esse?

Feita em 1978, esta é a letra de maior exposição da revolta do compositor da banda Legião Urbana. Deixa explícita a falta de interesse dos políticos em relação à população e toda a revolta decorrente a isto. A crítica direta à Brasília é explícita nesta letra, que diz “Nas favelas, no Senado/Sujeira pra todo lado/Ninguém respeita a Constituição/Mas todos acreditam no futuro da nação/Que país é esse?”.

4- Tempo Perdido

Nesta letra, Renato reflete sobre o tempo perdido, o tempo que passou e o tempo que ainda está por vir. A juventude perdida, os sonhos e os desejos do futuro. “Todos os dias quando acordo/Não tenho mais/O tempo que passou/Mas tenho muito tempo/Temos todo o tempo do mundo...”.

Mais sobre As 10 melhores musicas de Legião Urbana

3- Quase Sem Querer

Em uma de suas mais românticas canções, a Legião Urbana toca esta canção que enfatiza os romances e os conflitos internos na indecisão de acordo com os sentimentos e decisões tomadas. “Me fiz em mil pedaços/Pra você juntar/E queria sempre achar/Explicação pro que eu sentia”.

2- Eduardo e Mônica

É uma das músicas mais conhecidas da Legião Urbana. Conta a história de amor entre duas pessoas diferentes que se gostavam muito. “Quem um dia irá dizer/Que existe razão/Nas coisas feitas pelo coração?/E quem irá dizer/Que não existe razão?”.

1- Pais e Filhos

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã.” Uma das frases mais famosas no mundo, na música, nos filmes, nos livros, foi na verdade retirada de um livro chinês que os pais de Renato Russo acharam em um quarto de hotel na Europa, e enfatiza a importância de amar ao próximo como se não houvesse outro dia.

Confira abaixo, a playlist com as melhores músicas da Legião Urbana:

As melhores músicas da Legião Urbana possuem protestos, manifestações e revoltas contra manipulações e diferenças políticas, econômicas e sociais, além de contarem histórias de forma fantástica.

Veja neste vídeo do Youtube, uma das melhores músicas da Legião Urbana, Eduardo e Mônica, na versão mais recente do clipe:

Saiba mais sobre melhores músicas:




Talita
23/06/09

Mais informações por email.

Comentar sobre As 10 melhores musicas de Legião Urbana

Destaque

Músicas católicas para ouvir

Músicas católicas para ouvir