Como evitar a flacidez na gravidez

Durante a gravidez o corpo feminino passa por diversas mudanças e o surgimento da flacidez muitas vezes é algo inevitável.

Mão na barriga

A maioria das mulheres sonha em um dia ser mãe, ter um filho é um desejo quase unanime. Durante nove meses a mãe carrega o filho em seu útero, enquanto ele se desenvolve a mãe tem a função de encaminhar para o bebê todos os nutrientes possíveis, durante esse tempo o bebê ganha peso e cresce, fazendo com que o espaço na barriga fique pequeno causando o estiramento da pele.

E não para por aí, há a produção de leite para que quando a criança esteja completamente formada e pronta para sair do útero a mãe possa alimentá-la e continuar oferecendo todos os nutrientes necessários.

A conclusão é que a gravidez é um dos principais fatores que causam a flacidez, não apenas pelo crescimento do bebê, mas pelo ganho de peso, inchaço e muitos outros fatores. Após o parto a mãe tem um prazo de aproximadamente três meses para seu corpo voltar ao normal e as gestantes que ganham peso em excesso são as que sofrem mais com a flacidez, mas há como evitar este desconforto.

Como fazer para evitar a flacidez na gravidez?

Passando hidratante

Manter a pele hidratada através do uso contínuo e frequente todos os dias de hidratantes e óleos é indispensável para que a produção de colágeno no organismo se redobre, desta maneira é mais fácil evitar o surgimento das estrias que surgem juntamente com a flacidez.

O banho quente pode oferecer uma sensação confortável até para o bebê, porém é um dos principais causadores do ressecamento da pele, por isso opte sempre pela água morna, para que a hidratação natural da pele produzida pela oleosidade não seja retirada com a água quente.

A exposição ao sol nos horários devidos pode garantir vitamina D a mãe e ao bebê, mas evite o máximo a exposição nos horários indevidos das 10 da manha até as 4 da tarde e após se expor não dispense o hidratante corporal.

Como evitar a flacidez na gravidez através da alimentação e exercícios?

Maçãs e grávida

A boa alimentação é indispensável para garantir saúde à mãe e ao bebê, a gestante deve se alimentar moderadamente, porém o suficiente para garantir nutrientes ao bebê e para que não falte nutrientes em seu organismo.

Mais sobre Como evitar a flacidez na gravidez

Por isso redobrar o cardápio de frutas, legumes, vegetais e grãos, além de consumir muita água e não ingerir bebida alcoólica, além de todos os benefícios da boa alimentação, sua pele também agradece.

A prática de atividade física durante a gravidez é recomendada pela maioria dos médicos, porém nem todas as gestantes conseguem manter, mas é importante para que o organismo se mantenha em equilíbrio e o sangue circule melhor nas artérias garantindo oxigenação dos tecidos e a produção das substâncias. Hidroginástica, caminhada, natação e ioga são ótimas atividades físicas;

Após o parto os cuidados não param, no primeiro mês o mais ideal é se dedicar 100% ao bebê, após este mês a rotina de atividade física pode voltar e uma alimentação mais balanceada é recomendado. Uma ótima opção após a gravidez é a drenagem linfática que ajuda a eliminar toxinas e devolver a elasticidade da pele.

Durante a gestação e após os cuidados são sempre bem vindos e trarão muitos benefícios ajudando as mamães a serem sempre lindas.

Confira no vídeo abaixo alguns exercícios para combater a barriguinha pós-parto.

Mais artigos sobre flacidez e gravidez




Talita
11/03/11

Mais informações por email.

Destaque

Exame de sangue para gravidez

Exame de sangue para gravidez