Cotas para universidade

O sistema de cotas para universidades federais e tecnológicas no Brasil agradou a muitos estudantes e causou desagrado também.

cotasEntrar para a universidade é o sonhos de muitos jovens e adultos que concluíram o ensino médio ou desejam cursar uma faculdade para obter melhores condições no mercado de trabalho. Antigamente, os vestibulares eram de níveis mais fáceis, não havia tanta procura e a relação candidato/vaga era muito mais baixa. Porém, o governo brasileiro chegou ao consenso de que era preciso criar cotas em universidades para pessoas de baixa renda, negros, índios e pardos. E isto, foi algo que causou muita polemica e indignação por parte dos outros estudantes, que se viam injustiçados diante das cotas oferecidas nas universidades por órgãos públicos, facilitando a entrada de pessoas que podem aproveitar da condição social ou etnia para estudar menos ou então ocupar a vaga de pessoas que poderiam entrar nas universidades e esforçam-se muito para isso.

Cotas para universidades federais

O programa de cotas para universidades federais entrou em vigor ano de 2012. Neste programa está explícita a porcentagem de cotas nas principais universidades federais do Brasil. São 50% de vagas para ampla concorrência e outros 50% de vagas destinadas aos vestibulandos cotistas. Ou seja, metade das vagas nas universidades é para os alunos que cursaram o ensino médio em escola pública, possuem baixa renda familiar ou são pretos, pardos e indígenas. A lei criada visa a ativação desta porcentagem de cotas num período de dez anos. Após isto, será feita uma revisão do planejamento das cotas. Todas as universidades federais e tecnológicas deverão introduzir o sistema de cotas criado pelo governo desde o ano 2012, a fim de que os vestibulares e o Enem realizados neste mesmo ano estejam de acordo com o sistema de cotas criado.

protesto para cotas

Cotas para universidades federais solução ou problema?

Apesar de trazer muitos benefícios aos estudantes que não possuem condições de pagar uma escola particular, por outro lado, muitos estudantes aproveitam desta situação, o que causa revolta em muitas pessoas. Isto acontece porque, os estudantes que não têm direito às cotas alegam que os que possuem direito a este benefício podem não se esforçar tanto para os vestibulares e conseguir uma vaga facilmente enquanto muitos estudantes esforçam-se muito para isto. Além disso, o sistema de cotas criado pelo governo gera muitas polêmicas, pois é apontado como uma atitude racista. Com esta ação de reservar metade das vagas nas principais universidades do país, o governo deixa parecer que perante profissionais qualificados, os indígenas, pardos, negros e de baixas condições financeiras não possuem o mesmo conhecimento e a mesma capacidade de brancos ou estudantes de escolas particulares.

protesto contra cotas

Ao criar um programa de cotas para as universidades, o governo espera uma maior procura e incentivo dos jovens no ingresso às faculdades. Por outro lado, causa revolta em uma população que se
esforça e estuda para conseguir ingressar em uma universidade federal ou tecnológica do Brasil.

Mais sobre Cotas para universidade

Veja neste vídeo do Youtube algumas vantagens e desvantagens das cotas nas universidades:

Saiba mais sobre universidades




Talita
19/05/09

Mais informações por email.

Comentar sobre Cotas para universidade