Danças de festa junina

As danças típicas são as principais atrações das festas juninas, confira algumas sugestões de danças de acordo com a região do Brasil.

Festa junina na pintura de Militão dos SantosAs festas juninas são um dos traços mais fortes da cultura popular e do folclore brasileiro, presentes em todas as regiões do país. A tradição é herança dos povos europeus e surgiu no século IV como uma celebração católica a São João – daí o fato de em alguns lugares ser chamada de Festa Junina. Quando foi trazida para o Brasil pelos portugueses, a festa acabou incorporando traços da cultura africana e indígena.

A festa junina no Brasil acabou tornando-se uma festa que celebra a fé, a gastronomia popular e as danças folclóricas tradicionais nas regiões do país, como o baião, o fandango e a quadrilha. Confira abaixo um pouco mais sobre as danças de festa junina de cada região do país.

Danças festa junina região Nordeste

Grupo dançando baiãoSegundo historiadores, o baião surgiu como uma derivação do fado, tradicional danças lusitana e incorporou características do samba, tornando-se uma das danças comuns em festejos de casamento, aniversários e batizados. A Bahia é o estado brasileiro onde as danças mais se difundiram, como o baião, tanto as danças quanto as músicas tem no cantor Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, um dos maiores representantes. Para acompanhar as danças como o baião não são necessários movimentos muito marcados e os passos devem ser livres para a improvisação.

A coreografia é caracteriza por movimentos dos pés mais rápidos que o do corpo. Palmas e estalos de dedos podem acompanhar a coreografia com marcações que seguem a melodia da sanfona, principal instrumento do baião, junto com o triângulo e a zabumba. Sugestão de canção para as danças: Asa Branca, de Luiz Gonzaga.

Danças de festa junina da região Sudeste

Casal dançando fandangoEm estados como São Paulo e Minas Gerais a quadrilha junina que também é encontrada em outras regiões, ganha forma como uma das mais tradicionais danças das quermesses e outros festejos de junho.  A dança de pares tem origem na França, países em que as coreografias para cortejo em celebrações de casamento eram bastante comuns entre o início do século XIX e a Primeira Guerra Mundial. No Brasil, acabou incorporando traços da vida caipira e ganha os centros urbanos nas tradicionais festas de São João.

O enredo para as danças é sempre o mesmo: casais vestidos com roupas que remetem à simples vida no campo e o modo “matuto” do caipira, comemoram um casamento, a dança é narrada e a melodia tem a sanfona como instrumento mais marcante. Entre os principais passos da quadrilha junina estão o balancê, o returnê, o tur, o cumprimento às damas e aos cavalheiros, a troca de lados, damas ao centro, grande passeio, troca de damas e cavalheiros, túnel, caminho da roça, é mentira, caracol, desviar, grande roda, duas rodas e despedia, entre outros.

Danças de festa junina região Sul

Crianças dançando quadrilhaEm processo para ser registrado como Bem de Natureza Imaterial da Região Sul, o Fandango é originado de danças de países da Península Ibérica, como  Espanha e Portugal. Nas regiões litorâneas é uma expressão do modo de vida conhecido como de caiçara, em estados como Santa Catarina e Paraná o fandango é a dança para os tradicionais bailes que celebram o sucesso na colheita que comemoram festas religiosas ou casamentos, oferecendo comida farta e socialização de comunidades.

No nordeste também existe o fandango nordestino, quase um auto marítimo que celebra o ciclo natalino. Para dançar o fandango, a coreografia pode ser protagonizada pelos sapateado dos homens, pelo valseado de pares fixos do começo ao fim da música, ou pela valsa intercalada por movimentos de rodopio e sapateado.

Veja mais detalhes sobre danças de festa junina neste vídeo do Portal ZUN no canal do Youtube:

Leia mais sobre festa junina

08/06/09 por Talita

   



Mais informações por email

Comentar