Desmatamento causas e consequências

O desmatamento é um ato que causa graves consequências tanto ambientas como socioeconômicas nos diversos cenários mundiais.

desmatamento amazoniaO desmatamento é um ato ilegal que causa o desaparecimento das florestas no mundo todo. A maior floresta do mundo é a Floresta Amazônica e consequentemente, a que sofre com mais desmatamento. Em sua grande maioria, o desmatamento é causado para fins financeiros, onde há um interesse na área para utilização do homem, geralmente em causas agrícolas e pecuárias. Como toda ação possui uma reação, o desmatamento também causa consequências gravíssimas, que por enquanto são pouco discutidas por todos. O desmatamento causa muito impactos sociais e ambientais e por mais que demore os efeitos das causas e consequências dessa atitude ainda refletirão num futuro próximo.

Desmatamento causas gerais

represa desmatamentoO desmatamento possui causas muito conhecidas, que são muitas vezes de interesse do próprio governo e alguns negócios que são investimentos muito altos. Geralmente, os desmatamentos são realizados em áreas boas para a pecuária, agricultura e em muitos casos, para a construção de usinas. Outros aspectos que favorecem muito a ambição pelo desmatamento são: mineração, extração de árvores com valores altos no mercado estrangeiro e principalmente a expansão urbana na área rural. Este é uma das grandes causas do desmatamento atual. A expansão dos centros urbanos para os centros rurais causa grande desequilíbrio e consequentemente, desmatamento, pois o espaço utilizado pelo homem nas florestas e em áreas próximas a floresta é ocupado pelas arvores e matas que consequentemente serão desmatadas.

Desmatamento consequências

As consequências geradas através do desmatamento não são poucas. As principais são: perda da biodiversidade de seres vivos que estão presentes no ecossistema que será desmatado, degradação dos mananciais: esta é uma das consequências mais sérias, a retirada da mata ciliar (desmatamento nas margens dos rios) causa a seca de rios e bacias fluviais, fazendo com que o solo seja impermeabilizado e fique seco. Aterramento de rios e lagos: com a desproteção do solo nas margens de rios e lagos, a área onde este está localizado é mais propícia aos aterramentos e erosão. Redução de chuvas: em áreas onde existem rios e lagos ou bacias fluviais, existe uma maior quantidade de chuvas. Quando os rios estão evaporizando devido ao desmatamento da mata ciliar, consequentemente haverá menos chuvas e umidificação do ar. Efeito estufa: uma das consequências do desmatamento mais discutida: muitos desmatamentos são realizados através de queimadas, o que provoca duas consequências: a propagação de gás carbônico no meio ambiente e a diminuição de oxigênio, produzido pelas árvores. Além dos prejuízos ambientes, as consequências do desmatamento podem ser classificadas em socioeconômicas quando refletem no turismo, no potencial hídrico, no potencial farmacêutico e no potencial genético, afetados diretamente pelo desmatamento.

manifesto desmatamento

É preciso lembrar sempre que as árvores são as fontes naturais de ar puro que podemos ter. Enquanto a maioria das pessoas não perceber que os edifícios não produzem oxigênio, a quantidade de desmatamento só tende a aumentar.

Veja neste vídeo do Youtube mais sobre as causas e consequências do desmatamento:

Saiba mais sobre o desmatamento causas e consequências

25/06/10 por Talita

   



Mais informações por email

Comentar