Segundo mês de gestação

Se você tem dúvidas sobre como é a gestação no segundo mês, veja a formação do feto neste período, mudanças no corpo e alimentação.

Segundo mês de gestação

A gestação é um período de grandes transformações e transições na vida dos pais, inclusive o da mãe. Com a gestação o corpo irá se modificar e também transformar a mulher em mãe, em um processo que leva 9 meses para ser concretizado. Depois de 7 à 10 dias da fecundação o próprio sangue da mulher começa a alimentar o bebê que está se formando, e a partir daí a responsabilidade e o cuidado com a saúde é muito importante.

Saiba mais sobre as mudanças que ocorrem com o bebê, com o corpo da futura mamãe e a importância da alimentação no segundo mês de gestação.

Como está o bebê com 8 semanas

No segundo mês de gestação, exatamente 8 semanas o seu bebê está com apenas 20 milímetros, mas seu crescimento está a todo o vapor. No segundo mês o feto está começando a parecer um pouco mais humano, pois as pálpebras, orelhas, lábio superior e a ponta do nariz já estão se formando.

O tronco do feto está ficando mais alongado e reto, os cotovelos, pernas, pés e os dedinhos já estão sendo formados. O coração do seu bebê neste período está dividido em quatro secções distintas que bate a uma frequência de 150 batimentos por minuto, mais que o batimento cardíaco normal.

Feto

Mudanças no corpo com 8 semanas de gestação

No segundo mês de gestação as mudanças começam a ser mais visíveis no corpo da futura mamãe. É neste período que a gravida começa a se sentir mais cansada, ter enjoos e náuseas matinais, as roupas começam a apertar.

É no segundo mês de gestação que a grávida corre mais riscos de ter anemia, pois o suprimento de sangue aumenta cerca de 50% e nem sempre o ferro também aumenta, fazendo com que muitas tenham anemia na gravidez. Por isso é importante o acompanhamento de um médico, pois será ele que indicará os suplementos de ferro para que a grávida não tenha anemia.

Alimentação no segundo mês de gestação

Este período é de extrema importância para a formação do bebê, pois é a fase de divisão celular, por isso a alimentação é fundamental para o crescimento e formação do bebê. A nutrição da mãe antes da gestação é essencial para garantir nutrientes que sejam necessários para que a divisão celular aconteça da maneira mais adequada, por isso é importante ter uma alimentação balanceada e saudável antes da decisão de engravidar.

Mais sobre Segundo mês de gestação

Mulher comendo

Café da manhã e lanche da tarde

É muito importante ter essas duas refeições na gravidez porque é necessário ter uma fonte energética que pode ser adquirida através do pão integral, granola e aveia. Consumir proteína e cálcio também é importante, por isso consuma muito leite, iogurte, queijos, frutas e até o leite de soja enriquecido.

Almoço e jantar

Uma ótima opção de cardápio para está duas refeições é substituir o arroz normal pelo integral, pois é uma ótima fonte de energia para dar disposição o dia inteiro, o macarrão também pode ser substituído pelo integral. Na gravidez também é importante ter uma fonte de proteína vegetal, como o feijão, lentilha, soja e grão de bico.

Ter uma fonte de proteína animal como carne vermelha, frango, peixe e ovo. Os legumes, verduras e vegetais podem ser consumidos em forma de salada ou cozidos por pelo menos 3 vezes por semana, a mandioca e mandioquinha estão totalmente liberados, pois são fontes de energia para o desenvolvimento do seu bebê.

Ceia

Esta refeição irá depender muito das necessidades de cada pessoa, por isso ela não é uma regra. Uma boa opção para este item é incluir leite e derivados, sem a necessidade de muitas calorias.

Não se esqueça que cada bebê irá se desenvolver de uma maneira, por isso é importante o acompanhamento de um médico e o pré natal.

Saiba mais sobre gravidez




Talita
03/10/08

Mais informações por email.

Destaque

Teste de gravidez caseiro de urina funciona?

Teste de gravidez caseiro de urina funciona?