Doenças causadas pelo trabalho noturno

Milhões de pessoas trabalham a noite. Mas isso pode trazer diversas doenças, já que a mudança de horário causa muitos danos à saúde.

Pessoa olhando para relógioHoje em dia é muito comum estabelecimentos e empresas funcionarem 24 horas, por isso milhões de pessoas trabalham durante a madrugada em farmácias, postos de gasolina, fast-food, hospitais, fábricas entre outros. Tudo isso para atender a uma sociedade rígida que exige cada vez mais disponibilidade e qualidade no atendimento.

Por um lado é positivo, pois gera muitos empregos e beneficia a empresa, por outro os funcionários sofrem. Os trabalhadores que prestam seus serviços durante o período noturno levam prejuízos em relação a sua saúde. Os riscos que a mudança de horário causa no organismo são muitos e estudos confirmam que o sono da noite é extremamente importante para garantir ao organismo mais saúde e disposição.

Mas há os trabalhadores que até preferem já que estão acostumados e os que não têm opção, infelizmente o mercado de trabalho no Brasil é limitado e força a sociedade a recorrer a empregos muito desumanos e desgastantes contanto com salários mínimos e nenhum benefício.

Quais as doenças causadas pelo trabalho noturno?

Mulher trabalhando a noite

Várias doenças acometem quem presta serviços durante a noite, pela falta do sono essencial noturno e também pela escassez de recursos para cuidar da sua saúde devidamente.

As doenças mais comuns em pessoas que se submetem a estes tipos de trabalhos são: apneia do sono, insônia, estresse, depressão, síndrome do pânico, tendinite, dores musculares, atrofiamento dos músculos, problemas de coluna e de visão, dificuldade de foco e concentração, diabete, obesidade, sedentarismo, aumento do colesterol e da pressão arterial, problemas cardiovasculares, envelhecimento precoce e ainda problemas nos ossos, já que a pessoa fica menos exposta ao sol, diminuindo a capacidade de absorção de cálcio dos ossos.

Como prevenir as doenças causadas pelo trabalho noturno?

Homem com sono ao lado de despertador

As pessoas que entram no trabalho depois das 18 horas e só saem às 6 horas do dia seguinte devem procurar dormir pela manhã para repor o sono perdido, escurecendo o ambiente o máximo que puder com cortinas e janelas fechadas, que irá repor o sono para que o corpo possa produzir melatonina hormônio responsável pela adrenalina e o cortisol.

No entanto não deixe de aproveitar o máximo que puder durante o dia até o horário de entrada, consumindo alimentos naturais ricos em nutrientes saudáveis.

Mais do que nunca quem se submete ao trabalho noturno deve cuidar muito bem da alimentação, ingerir derivados do leite, qualquer tipo de laticínio, frutas cítricas, nozes, castanhas, gergelim, soja, vitamina C, evite alimentos gordurosos como frituras e evite também qualquer tipo de substancia à base de cafeína.

Indispensável na manutenção de um organismo mais saudável é a prática de atividades físicas diariamente, ao menos durante uma hora pratique caminhada, corrida, natação, Yoga, Pilates, entre outras atividades ótimas.

Unindo a boa alimentação e atividade física é possível ter mais saúde e qualidade de vida trabalhando durante a madrugada, é uma maneira de reforçar seu corpo para aguentar a carga horária, é importante cuidar da saúde sempre e quando o organismo está exposto a riscos como o trabalho noturno, pois necessita de cuidados especiais. Não se esquecendo fazer regularmente exames preventivos.

Assista no vídeo abaixo uma reportagem sobre trabalhadores noturnos.

Mais artigos sobre doenças

Publicado por Talita
Revisado em 17/07/2014

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar