Gravidez na adolescência no Brasil

A gravidez na adolescência no Brasil vem crescendo a cada ano. Veja quais são os índices, risco, consequências e causas.

Gravidez na adolescência 1A adolescência é uma das melhores fases da vida e também uma das mais conturbadas, pois é a fase de descobertas, formação de ideias e também quando descobrimos o amor, paixão. Esta fase é a transição da infância para fase adulta e muitas alterações psicológicas e fisiológicas ocorrem com o nosso corpo visivelmente.

O que vem ocorrendo muito no Brasil é que adolescentes estão perdendo esta fase, pois estão a cada dia iniciando mais cedo a sua vida íntima e tendo filhos mais cedo. Veja mais informações sobre gravidez na adolescência no Brasil.

Gravidez na adolescência índice

Como dito acima o número de adolescentes que estão grávidas aumenta a cada ano no Brasil. Os últimos dados que foram divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que 444.056 meninas adolescentes entre 10 e 19 anos de idade tiveram ou estão grávidas no Brasil, e mais de 70 mil é referente ao estado de São Paulo, que é o que apresenta maior índice todo o Brasil, os dados também mostram que 20% dos bebês que nascem no Brasil são filhos de adolescentes. Esse índice de gravidez na adolescência cresceu em torno de 150% em relação às duas últimas décadas.

Gravidez na adolescência riscos

Riscos da gravidez na adolescênciaHoje a gravidez na adolescência é considerada um problema de saúde pública, pois a maior porcentagem de meninas adolescentes grávidas no Brasil são de classes sociais mais carentes e com menor escolaridade. Existem muitos riscos da gravidez na adolescência tanto para o bebê quanto para a mãe, e isso inclui a idade e fatores biológicos e psicológicos, pois o corpo da mãe não está preparado totalmente para ter um filho e assim coloca em risco a própria vida.

Entre os riscos de gravidez na adolescência estão a perda do bebê naturalmente, nascimento antes do tempo, a má formação do bebê, hipertensão, anemia, infecções urinárias, placenta insuficiente entre outros problemas.

Gravidez na adolescência causas

Apoio da famíliaUma pesquisa realizada pela Unicamp (Universidade de Campinas/SP) mostra que não é a falta de informação sobre os métodos anticoncepcionais para evitar uma gravidez que são as causas, e sim o fato de terem vontade de ter filhos. Esse estudo foi realizado com meninas de 11 a 19 anos de idade de todo o Brasil que conhecem muito bem as formas de prevenção principalmente a pílula anticoncepcional, e não fazer o uso desses métodos é escolha delas mesmas.

O importante é que pais conversem abertamente com seus filhos sobre gravidez, e se caso já estiverem grávidas o apoio da família nesta fase é fundamental.

Confira o vídeo sobre gravidez na adolescência do Youtube e fique ainda mais informado sobre o assunto:

Publicado por Talita
Revisado em 29/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar