Qual é o primeiro sintoma da gravidez?

É muito importante identificar uma gravidez logo no começo. Se você tem dúvidas, veja qual é o primeiro sintoma da gestação.

mulher com teste de farmáciaIdentificar uma gravidez em sua fase inicial é muito importante para a saúde do bebê e principalmente da futura mamãe, pois é preciso dar início ao pré natal e fazer exames que identifiquem infecções, doenças, pressão alta, glicose alta, entre outros problemas.

Muitas mulheres conseguem identificar uma gravidez logo no começo por causa dos sintomas típicos, mas não é uma regra: outras muitas não sentem nada e demoram para identificar o início da gestação. Para saber qual é o primeiro sintoma de uma gravidez, fique atenta.

Sintoma de gravidez atraso da menstruação

Mulher pensando

O atraso menstrual é o primeiro sintoma típico da gravidez e preocupa muitas mulheres. Mas não é regra, pois nem sempre quando a menstruação atrasa quer dizer que a mulher está grávida.

Todo mês a mulher tem seu período fértil, que é a preparação do organismo para receber um bebê, e quando a mulher não é fecundada todo o endométrio (revestimento que se forma na parede do útero para a proteção de um bebê) se desmancha e sai em forma de menstruação. É por isso que quando atrasa toda mulher desconfia que seja uma gravidez, mas também existem muitas doenças e distúrbios que podem causar isso.

Sintoma de gravidez enjoos

Mulher com enjoo

Os enjoos e náuseas também são sintomas comuns no início de uma gravidez, e fazem muitas mulheres procurarem um exame de sangue ou teste de farmácia.

Cerca de 80% das mulheres sofrem enjoos matinais no primeiro trimestre, e estes podem durar até a décima segunda semana de gestação. Algumas mulheres dizem não sentir nada, já outras se queixam de algumas náuseas e sofrem com vômitos frequentes que podem levá-las a um quadro clínico mais perigoso.

Urinar muito pode ser sintoma de gravidez

Pernas de mulher

Aquela sensação de estar sempre com a bexiga cheia mesmo tendo acabado de ir ao banheiro também é um sintoma de gravidez. Essa sensação acontece porque o útero exerce uma pressão maior sobre a bexiga, e conforme o bebê vai crescendo mais espaço vai ocupando e seus órgãos vão sendo comprimidos. Essa sensação não pode ser evitada e você a sentirá até o último mês de gestação, podendo piorar.

Saiba mais sobre gravidez

Publicado por Talita
Revisado em 24/09/2014

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades