Síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas é vista por muitos apenas como resultado de stress excessivo. Porém é mais do que apenas um transtorno.

menino com pernas pra cima

Quem nunca se pegou em um momento de ansiedade mexendo as pernas sem parar? Isso não acontece apenas com que sofre de ansiedade, isso pode ser um problema muito sério.

A doença para maioria das pessoas não é diagnostica e é vista apenas como um sintoma de estresse, ansiedade ou simplesmente mania, mas ele pode estar relacionado a estes assuntos ou não, por isso é preciso do diagnóstico correto porque caso contrário pode causar maiores problemas como interferir no sono e em muitas outras situações como uma simples sessão no cinema por exemplo.

Geralmente ocorre durante a noite, em alguns casos mais avançados pode ocorrer durante o dia também.

Síndrome das pernas inquietas sintomas

A maioria das pessoas confunde a síndrome com a mania de mexer as mãos, os braços, os pés e as pernas, isso é bem diferente. Um paciente da síndrome tem estas manias que muitas pessoas tem quando estão distraídas ou tensas é encerrada assim que a pessoa percebe o que está fazendo, o paciente que sofre da síndrome de pernas inquietas sofre “pinicamentos” ou sensação de formigamento e até uma leve dor.

pernas inquietas dormindo

O ato de mexer as pernas está ligado a estas sensações, com o tempo se torna algo automático como uma reação das pernas para aliviar as sensações desagradáveis. Muitos pacientes optam por massagear as pernas ao invés de movê-las, porém isso durante o sono se torna algo quase incontrolável.

Síndrome das pernas inquietas causas

As causas são pouco conhecidas, sabe-se que estão ligadas a uma ausência de dopamina no cérebro que torna o paciente incapaz de controlar os movimentos e é um distúrbio psiquiátrico e pode estar relacionada a problemas como depressão, bipolaridade entre outros. Há uma relação também com a deficiência de ferro no organismo e em alguns casos de anemia.

O diagnóstico é feito através de exames clínicos, existem alguns exames laboratoriais que podem revelar a síndrome, porém há a necessidade de um médico especialista para que os exames clínicos sejam feitos. Existem também alguns exames complementares mais avançados que podem ser feitos.

Cada caso necessita de um tratamento especial, no caso o tratamento específico só é feito quando há um incomodo real e que possa estar prejudicando de forma significativa a vida do paciente.

homem muito estressado

Na maioria das vezes a síndrome está relacionada a distúrbios do sono ou neurológico, pode causar com mais incidência em idosos, grávidas e pessoas com mais de 50 anos com quadros de estresse, insônia, depressão entre outros.

Não existe um método eficiente que possa evitar o problema, uma solução que pode aumentar os níveis de dopamina no cérebro através de atividades prazerosas como a prática de esportes, manter alimentação saudável também pode ser uma solução muito eficiente que além de evitar esta síndrome pode prevenir muitos outros problemas de saúde.

Consulte um médico para esclarecer maiores dúvidas, esteja sempre atualizado em seus exames de rotina, os sintomas são bem esclarecidos e fáceis de ser detectados, por isso não hesite em procurar ajuda profissional médica, muitas vezes a síndrome pode estar relacionada a outro problema de saúde, desta forma fica em destaque a importância da consulta médica.

Veja mais sobre a síndrome das pernas inquietas neste vídeo do Youtube:

Publicado por Ana Maria
Revisado em 29/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar