Ureia alta no sangue sintomas

Saiba qual a função da ureia no ser humano, o excesso dela no organismo e quais os sintomas da alta taxa de ureia no sangue.

Localização dos rinsA ureia é um composto orgânico cristalino e incolor que é formado no fígado humano e nos demais mamíferos, ela também pode ser adquirida através da ingestão de proteínas como carnes, peixe, leite entre outros alimentos. A ureia desempenha um papel importante para o organismo, mas em grande quantidade pode ser altamente tóxico acumulando-se no sangue trazendo grandes riscos para a saúde.

Confira quais são os principais sintomas da ureia em excesso no sangue e os riscos para a nossa saúde.

Função da ureia no organismo humano

Bebendo água no copoA ureia desempenha um papel importante no corpo humano auxiliando na ação dos nefrónios que são estruturas microscópicas que eliminam resíduos do metabolismo do sangue. Mantém ainda o equilíbrio hidroeletrolítico, ou seja, repõe a água que o organismo perdeu dando mais energia para o mesmo, mantém o equilíbrio do ácido básico, controla a quantidade de líquidos no corpo, regula a pressão arterial, elimina o excesso de nitrogênio e produz a urina.

Ureia em excesso no sangue

UREIA-ALTA-NO-SANGUE-SINTOMAS-1A ureia é considerada o principal produto terminal de metabolismo no ser humano e em outros mamíferos. Para controlar a produção e a ingestão de ureia o organismo a elimina através da urina e suor, mas quando em excesso no organismo, principalmente no sangue, pode se transformar em um problema clínico mais conhecido como uremia. A uremia acontece quando os rins não conseguem mais filtrar o sangue normalmente (insuficiência renal) e consequentemente não conseguem mais eliminar a ureia do organismo.

Sintomas da ureia alta

Mulher com dor de cabeçaOs principais sintomas da ureia alta no sangue são as dores de cabeça, fraqueza, vômitos, náuseas, sonolência nas atividades diárias, distúrbios na coagulação do sangue podendo levar a pessoa ao coma. A uremia, doença causada pela alta taxa de ureia no sangue, não tem cura e sim um tratamento que faz o indivíduo ter uma vida normal.

O importante é evitar a ureia em alta quantidade no sangue com alimentação adequada, exercícios físicos diários e a ingestão de muita água.

Para mais informações confira o vídeo com o Dr. Antonio Raimundo Almeida sobre doenças renais.

Publicado por Talita
Revisado em 29/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar